23/10/2016

Os Riones de Roma



Rione Monti

Conhecer uma cidade pode ter como ponto de partida a pesquisa em sites e revistas de turismo que apontam os melhores pontos turísticos, que provavelmente estarão lotados de turistas, mas entender como é o espaço físico ajuda a formular melhor um roteiro dentro do seu tempo e interesses, escolher um hotel, etc.


Escultura Europa na fachada da Prefeitura de Roma

Comentei neste post AQUI sobre a divisão geográfica de Roma e os RIONES  que atualmente são as 22 áreas que compõe o Centro Histórico, ou seja , a parte mais visitada de todos os turistas que circulam pela cidade. O termo vem do latim regio, regione e significa Região. A primeira subdivisão urbana foi estabelecida pelo Imperador Servio Tullio no século VI A.C. e eram apenas quatro. Depois passou para 14 áreas com o Imperador Augusto. Com o fim do Império Romano e a decadência de Roma como centro cultural, a população diminuiu e as regiões foram novamente modificadas no século XII para 12 áreas. No século XIII, na Idade Média o número de Riones eram 13, mas não eram muito bem definidos porque as habitações estavam mais concentradas em algumas áreas enquanto outras eram desertas. Com o Renascimento começa uma intensa reorganização da cidade com construção de novas estradas, fontes e urbanização planejadas pelo Papa Sisto V e projetadas pelo arquiteto Domenico Fontana. Seu plano de renovar a cidade serviu como base para muitas intervenções nos diversos núcleos urbanos europeus a partir do século XVII. Durante a ocupação francesa, a Roma Napoleônica voltou a ter 12 áreas e depois retornou a 8. Na unificação da Itália a cidade de Roma transforma-se em capital, com aumento da população, crescimento da cidade e totalizando os 22 Riones.



Todas estas áreas ficam dentro da MURA AURELIANA, uma muralha construída entre 271 e 275 que será assunto de outro post. Cada Rione pertence a um município e são identificadas em Placas nas ruas de Roma como as imagens abaixo.




Os Riones de Roma estão sempre lotados de pessoas circulando pelas ruas, restaurantes com mesas nas calçadas, e sem dúvida é o roteiro da maioria dos turistas. Com mais tempo em Roma este ano por conta do mestrado, programei percorrer cada um deles com mais detalhes e estou conhecendo uma Roma ainda mais bela. Escreverei tudo por aqui neste marcador "Roma-Bairros".

 
Praça no Quirinale

Veja Também:

Foro Itálico - A Arquitetura Fascista de Mussolini

Bairros e Municípios de Roma

Vaticano

Roma Pass, Metro, ônibus e Carro em Roma


Nenhum comentário:

Postar um comentário